Londrina se destaca no mercado nacional

  • 1 ano atrás
  • 1

POTENCIAL DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS COLOCA A CIDADE ENTRE AS MELHORES DO PAÍS PARA SE INVESTIR EM IMÓVEIS

Em um universo de 100 cidades, Londrina foi considerada por uma publicação nacional a 18ª melhor cidade do Brasil para se investir no mercado imobiliário.

Na opinião do gerente da Yticon, Leonardo Schibelsky vários motivos justificam o destaque recebido pelo município. Um deles é o potencial da cidade em diversas atividades econômicas. “Estamos em uma região de agronegócios, que tem obtido bons resultados nos últimos anos e com boas perspectivas para os próximos. Isto injeta dinheiro na economia e gera necessidade de imóveis para moradia, investimento, locação. Também temos uma vocação para a educação, com várias escolas, universidades, faculdades. E todas essas pessoas que vêm para a cidade estudar, precisam de moradia.”

Devido à verticalização da cidade, o investidor pode encontrar por aqui uma grande oferta de imóveis. “Londrina tem tendência de verticalização, que significa maior potencial de unidades”, justifica a diretora de Incorporações da construtora Quadra, Fernanda Pires.

Mas, à medida que a procura por moradias cresce em Londrina, existe equilíbrio entre a demanda e o volume de lançamentos, acrescenta Schibelsky. “Anualmente, milhares de pessoas saem da classe C para a classe B, ou da classe B para a classe A, e consequentemente buscam um imóvel melhor … Isto sem falar nas pessoas que saem da casa dos pais para morar sozinhos ou se casam. Todas essas pessoas precisam de uma imóvel seja para compra ou locação.”

Os preços dos imóveis para o investidor também encontram um ponto de equilíbrio de maneira que o investidor consiga uma boa oferta e, ao mesmo tempo, tenha boas perspectivas de valorização. “Londrina responde por não termos preços exacerbados, onde as pessoas conseguem adquirir um imóvel e ter lucratividade futura”, declara Cléber Mauricio de Souza, gerente de Vendas da Vectra. “É um mercado bem controlado.”

IMÓVEL IDEAL

Para quem deseja adquirir um imóvel como investimento, uma boa escolha, na opinião de Marcos Moura, do Secovi-PR, é aquele que está bem localizado e com valor de condomínio não muito alto. Em Londrina, há saída tanto de imóveis para solteiros – devido ao fato de ser uma cidade universitária -, quanto para famílias. Segundo o gerente da Plaenge em Londrina, Olavo Batista, as regiões que vão do Centro ao Sul da cidade atualmente são o vetor do desenvolvimento imobiliário. “Quem compra no centro é uma região consolidada. Quem compra próximo ao shopping (Catuaí, região Sul) tende a obter consolidação aqui a alguns anos.”

Hoje, os imóveis rapidamente absorvidos pelo mercado também são aqueles com diferenciais de projetos, diz o gerente de Vendas da Vectra, Cléber de Souza. “Hoje o mercado se depurou, e o público está mais exigente. Por isso é importante comprar imóveis com diferencial de projeto e localização.”

NA PLANTA

Quanto mais próximo do lançamento for feita a compra do imóvel, maior será o retorno que o investidor terá, afirma a diretora de Incorporações da Quadra. Por isso, o melhor momento para se adquirir um imóvel para investimento é enquanto ele ainda está na planta, defende Fernanda Pires.

Durante a construção, o financiamento é atualizado de acordo com o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC), e a valorização do imóvel nesse período costuma ser maior, afirma a diretora. Depois de pronto, o imóvel segue valorizando, sendo que nos primeiros anos, por ser novo, não tem custos de manutenção. “Quanto antes o investidor adquire o imóvel, maior será o rendimento”, conclui.

Fonte: Folha de Londrina – Cadernos Especiais – 30/04/2015

Reportagem Local: Mie Francine Chiba

Foto: Marcos Zanutto

Participe da discussão

Compare listings

Comparar
Open chat